Destaques Culturais

A premiação é dividida em oito categorias, que podem premiar até cinco nomes em cada uma delas. As indicações serão feitas apenas pelo Conselho Municipal de Políticas Culturais.

DESTAQUES CULTURAIS 2016

I – Artes Visuais

Anderson junque – pela “exposição fotográfica missão moçambique”.

Melquesedec ferreira – pela mostra coletiva itinerante de  fotografias de profissionais de santa bárbara d’oeste.

Nei – Núcleo De Educação Integrada Da Fundação Romi -     Pela Realização Do Projeto ‘Todos Podem Ser Frida’ Cujo Norte Foi A Artista Mexicana Frida Kahlo.

Elisabete padovezi         - pelas oficinas culturais com o trabalho “arte sustentável” e pela participação nas oficinas do cedoc, atendendo a mais de 3000 crianças no ano de 2015.

Ii – Patrimônio Histórico Material

Museu da imigração      - pela preservação do acervo histórico relativo à imigração americana.

Estação cultural- pela preservação do acervo e pelos trabalhos voltados à diversas áreas da cultura.

Cedoc - Centro De Documentação Histórica – Pelo Trabalho  De Ensino Patrimonial Em 2015.

Iii – Patrimônio Histórico Imaterial

Projeto Via Crucis -       PELA REALIZAÇÃO DA 18ª EDIÇÃO DA Encenação Da Paixão De Cristo.

Atanael motta jr. -         por transmitir seus conhecimentos de Capoeira Em Aulas Oferecidas Na Estação Cultural E No CONJUNTO Habitacional Roberto Romano.

Mestre Luisão – Associação De Capoeira Santa Bárbara d’oeste -    pelo trabalho realizado com as crianças nos centros culturais e pelo encontro nacional de capoeira.

Rafael casarini - pelo trabalho realizado junto ao grupo baque de santa,  fomentando a arte do maracatu.

Iv – Dança

Fernanda Araújo  - Pela Realização da 1ª Edição Do Festival De Dança Santa Dança.

V – Literatura E Narrativa Oral

Sônia barros -      pelo lançamento do livro tatu balão.

Câmara municipal -      pelo lançamento do livro ‘infância roubada’ em parceria com a comissão da verdade do estado de são paulo rubens paiva.

Amauri de oliveira, da confraria do conto - pela participação no ii festival nacional de contadores de histórias, em ponta grossa, paraná.

Renata gonçalves de oliveira -          por participar com contações no cedoc, na estação cultural, asilo e bibliotecas maria aparecida nogueira e léo sallum, para um público de mais de 2000 crianças e professores.

Vi – Música

Ygor gualiume      - por ter sido selecionado na fase regional do mapa cultural paulista para representar nosso município em todo estado de são paulo na expressão artística música instrumental.

Fundação romi – estação cultural - pela parceria na realização de todas as edições da virada cultural paulista em santa bárbara d´oeste possibilitando apresentações de bandas locais no evento.

Grupo violado      - pelo trabalho realizado junto ao sesc e pela apresentação no programa canção nova sertaneja, levando o nome de santa bárbara d’oeste.

Associação orquestra barbarense de violas – pelo trabalho realizado com crianças e adultos na arte da viola, bem como na formação da orquestra feminina de violas.

Vii – Teatro

Otávio Delaneza – Diretor       Pela Direção Artística Da 18ª Edição Do Via Crucis.

Kelvis germano – diretor         por ter recebido menção honrosa do júri da seletiva regional do mapa cultural paulista pela direção cênica do espetáculo ‘liberdade vigiada’ encenada pelo grupo travessia bruno bortolucci – ator     pela representação do personagem protagonista da encenação d’a paixão de cristo pelo terceiro ano consecutivo.

Almir augusto pugina   - pelo trabalho prestado junto à secretaria de cultura, na formação das oficinas de teatro e nas atividades do mapa cultural paulista, bem como sua participação na criação dos textos do espetáculo  via crucis.

Ix – cultura urbana

Integrantes da feira de artesanato - pela realização da feira do artesanato, na praça central, sempre no início de cada mês.

Alexsander “vôzinho grafite” -           pelo seu trabalho voluntário nas oficinas de grafite no ceu das artes, bem como pelas telas e painéis que valorizaram ainda mais o centro de artes e esportes unificados

 

DESTAQUES CULTURAIS 2017

ALBERTO CARREIRA – PELA EXPOSIÇÃO RELATIVA A 1ª EDIÇÃO DA HISTÓRIA EM QUADRINHOS “A última hora de um herói”.

ELISABETE PADOVEZI VIDAL - Pelo trabalho desenvolvido para o mês de consciência negra com os alunos na temática “Paisagens, flores e feminino Afro Brasileiro”

ESTAÇÃO CULTURAL – Pela realização do Projeto “Estação Artesanal”.

ROSY JESUS VAZ - Pela participação na Exposição “Claustro em Cores”,

FRATERNIDADE DESCENDÊNCIA AMERICANA – Pelo esforço em preservar o Cemitério do Campo.

FUNDAÇÃO ROMI - Pelas ações desenvolvidas para a comemoração dos 60 anos do Romi-Isetta, como: Exposições “Romi-Isetta 60 anos,” Encontro Nacional de Romi-Isettas,

III – Patrimônio Histórico Imaterial

COMTUR – CONSELHO MUNICIPAL DE TURISMO – Pela realização da 1ª Edição do Festival Gastronômico por revelar e incentivar a potencialidade gastronômica do município.

FUNDAÇÃO ROMI, através da Estação Cultural e Rádio Brasil AM 690 Khz - Pela edição especial de comemoração dos 14 anos do programa 'Rancho do Edgard', que exalta a cultura do cururu, gênero amplamente divulgado, incentivado e propagado no município e região por Edgard Tricânico D'Elboux

RECEITA DA LINGUIÇA DO SANTO ANTÔNIO DO SAPEZEIRO – Pela preservação e transmissão da tradição da receita da linguiça produzida no bairro Santo Antônio do Sapezeiro.

Convidamos a receber o prêmio os Srs.:

. Cléber Aparecido Martim - Restaurante Santo Antônio;

. Rodrigo Martignago - Rancho da Linguiça, e

. Valmir Weissinger  -  Rancho do Guitão –

 

IV – Dança

FERNANDA ARAÚJO - Pela coreografia de abertura do Via Crucis 2016 e pela atuação junto às entidades como Creche, SOS e Instituto Boldrini, incentivando as crianças com menor poder aquisitivo e levando a dança como terapia.

GRANDPLIÉ STUDIO DE DANÇA - Pela Coordenação de projeto social na instituição AMEV – Associação de melhoria de vida, localizado no bairro Vista Alegre, de nossa cidade, ministrando aulas de ballet, jazz e hip hop para crianças e adolescentes.

V – Literatura e Narrativa Oral

4ª FLISB – FESTA LITERÁRIA DE SANTA BÁRBARA D´OESTE - Em 07 dias levou contação de histórias, entrega de contos e causos, apresentações teatrais e oficinas literárias para mais de 3.500 pessoas.

BARRACA DO LIVRO VIAJANTE - iniciativa da Estação Cultural e Feira Livre - Pelo Incentivo à literatura e à leitura com empréstimo e doação de livros na feira livre central da cidade, durante todo o ano de 2016.

LUCY LIMA - Pelo lançamento de seu segundo livro Percepções, realizado de maneira independente pela autora.

MARCELO MALUF - Pela sua obra “A imensidão íntima dos carneiros” ter vencido o Prêmio São Paulo de Literatura em 2016 e ter sido finalista do Prêmio Jabuti em 2016, e

SÔNIA BARROS - Pelo lançamento do livro “Na Asas do Haicai” e pela participação na FLIP – Festa Literária Internacional de Paraty no ano de 2016.

VI – Música

HÉLIO CUNHA -  Pela idealização e realização do projeto Escola de Batuque com alunos do CIEP Carmelina Pellegrino Cervone, que despertou talentos e proporcionou que crianças e adolescentes apresentassem seu potencial artístico em diversas apresentações, incluindo o palco dos teatros de SBO e Americana. O projeto também foi registrado em um documentário idealizado por Hélio Cunha e realizado com apoio da iniciativa privada.

 

LUNA MARIA - Pela sua brilhante participação na 1ª Edição do “The Voice Kids” produzido pela Rede Globo.

 

ORQUESTRA BARBARENSE DE VIOLAS - Pelos 15 anos de sucesso investindo na formação, qualificação e divulgação dos músicos e do repertório tradicional; pela celebração dos 15 anos de criação da Orquestra, comemorados com show gratuito no Teatro Manoel Lyra; pela realização da cantata de natal com o coral municipal; pelo trabalho realizado com crianças e adultos na arte da viola, bem como pela formação da Orquestra Feminina de Violas.

 

ORQUESTRA FILARMÔNICA DE SANTA BÁRBARA - Pela iniciativa de reunir os músicos de forma voluntária e iniciar uma modalidade musical com alto grau de dificuldade abrilhantando os eventos na cidade.

 

VII – Teatro

CIA XEKMAT - Pela criação e circulação do espetáculo “Fora Dengue, Chikungunya e outras Zikas”, no Teatro Municipal, unidades de ensino e empresas da cidade e da região usando a arte como parceira da saúde e da educação.

GRUPO DI ATUS - Pela realização da 1ª Edição da Cena Bárbara – Mostra de Teatro contemplada pelo edital 01/2015 do CMPC. Foram 5 dias de espetáculos de artes cênicas que favoreceu a formação de público frequentador de espetáculos cênicos e proporcionou visibilidade a grupos locais e regionais.

 

VIII – Artes Digitais

 

AMANDA PASCHOAL - Pelo trabalho de ilustrações feitas em técnica digital, que tem ganhado alcance em eventos locais, nacionais e internacionais. A artista é barbarense e teve seus primeiros contatos com a arte do desenho em formações oferecidas por oficinas culturais do município. É ilustradora, quadrinista e designer. Formada em técnica em moda e comunicação visual, atualmente trabalha em sua primeira graphic novel, O Aleph de Botafogo, com roteiro de Simone Campos, que será lançada pela Companhia das Letras (Quadrinhos na Cia).

 

IX – Cultura Urbana

1ª FEIRA DO EMPREENDEDOR DA ECONOMIA CRIATIVA DOS CEUS DAS ARTES

Realizada no CEU das Artes a 1ª Feira do Empreendedor da Economia Criativa, destacou-se por fomentar a prática da produção em Economia Criativa como propulsora do uso da criatividade como matéria-prima básica no desenvolvimento de produtos e negócios. Em dois dias de evento, com 25 expositores e diversas atrações culturais, privilegiou a presença de artistas da cultura local, oportunizando um novo espaço para exposição de trabalhos.

HIP HOP CONSCIENTiZA - Pela realização da 1ª Semana da Cultura Hip Hop em SBO

 

                                    DESTAQUES CULTURAIS 2018

Categoria: Artes Visuais

LARYSSA LUIZ, artista plástica e grafiteira, desenvolveu trabalho com crianças no Conjunto Habitacional Roberto Romano em oficinas de desenho no Centro de Referência de Assistência Social, o CRAS 4.

AURORA MOSAICOS recebe este prêmio pelo artesanato executado com criatividade, destaque para a identidade visual e divulgação de produtos.

 ANA RAINHA recebe esta homenagem pelo destaque nas obras produzidas artesanalmente com referências étnicas.

 

Categoria: Patrimônio Histórico Imaterial

 

COMPANHIA ESTRELA DE BELÉM por preservar a Folia de Reis no Município.

 BENEDITO SAMUEL BARBOSA, o “DITO PRETO” pela liderança e representatividade negra e preservação da ancestralidade.

 

Categoria: Dança

 

SANTA DANÇA pela abrangência e diversidade de profissionais.

 GRANDPLIÉ STUDIO DE DANÇA pelo desenvolvimento do projeto de inclusão social para idosos “Dança para Todos”, com coordenação de projeto social na instituição AMEV – Associação de Melhoria de Vida, classificação com maior nota para a competição no Festival de Danças do Mercosul, na Argentina, e no Concurso Internacional de Dança - Hacia la Fama, no Paraguai.

BRUNO OLYVER, professor de Zumba e arte-educador em escolas municipais.

NÚCLEO ARTÍSTICO CORPUS pelo espetáculo comemorativo de 1 ano de atividades.

 

Categoria: Literatura e Narrativa Oral

 

AMAURI DE OLIVEIRA pela participação no 1º Encontro Nacional de Contadores de História da Unicamp – Universidade Estadual de Campinas.

RENATA DE OLIVEIRA realizadora do projeto “Histórias de Déu em Déu”, que levou contação de histórias de forma gratuita a quase duas mil pessoas, em diversas entidades do Município.

WALDINÉIA BASEIO pelo projeto “Cantando e Contando Histórias”, realizado em 2017.

 ALMIR PUGINA pela coordenação geral do projeto “Recitar – A Palavra em Verso Vivo”, iniciativa que fomenta a literatura e, em especial, a poesia entre crianças e jovens.

 

Categoria: Música

 

CORAL MUNICIPAL pelas apresentações da Cantata de Natal no projeto “Natal das Árvores”.

O prêmio de Destaque Cultural do Ano será entregue também ao regente das cantatas de Natal, Giovanni Bonfim, homenageado, ainda, por sua atuação em oficinas culturais de canto, violão e cavaquinho nos centros culturais.

 ASSOCIAÇÃO ORQUESTRA BARBARENSE DE VIOLAS pela realização do 1º Encontro de Orquestras de Violas em parceria com a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, através da Secretaria de Cultura e Turismo, e apoio da EPTV Campinas.

 HÉLIO CUNHA pelo projeto de aulas de pandeiro, realizado em 2017.

YGOR GUALIUME pela atuação em oficinas culturais de violão realizadas nos centros culturais em 2017.

 PROJETO GURI pelas aulas de educação musical realizadas no Município.

 

Categoria: Teatro

GRUPO DI ATUS pela realização da mostra “Cena Bárbara” e circulação pelo estado de São Paulo com o espetáculo “O Broto”, pelo ProAC Editais.

 COMPANHIA XEKMAT pela realização do projeto “Nas Asas da Leitura”, levando mais de 70 apresentações de teatro, contação de histórias e workshps de incentivo à leitura nas três bibliotecas municipais da cidade, abrangendo um público de mais de 2.300 pessoas.

JAMES RIBEIRO, arte-educador, poeta e ativista, desenvolve trabalho nas escolas do Município com crianças do ensino fundamental através do teatro e suas vertentes.

 CIA GRAMELÔ pela montagem e estreia do espetáculo infantil “Uirapuru”.

APAE – ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS, pelo Festival Artístico apresentado no final de 2017.

 

Categoria: Artes Digitais

ALDIVO RODRIGUES, fotógrafo que registra a sociedade e seu cotidiano.

 

Categoria: Cultura Urbana

ANA DAS DORES MONTEIRO, a “Dora”, incentivadora do “Bloco de Carnaval Romano” e membro da velha-guarda como costureira de fantasias.

 VIC AYSHA, ativista, poetisa e estudante de Letras. Atua em saraus com poesia marginal.

 VALDENILSON ROSA, o “Nil”, atua na preservação e difusão da cultura hip-hop.

 ALEXSANDER VOZINHO pelas obras em grafite representando a cultura hip-hop.