Após divulgação de sessão temática, Câmara recebe representante do setor de fogos de artifício

Publicado em: 21 de janeiro de 2019

O presidente da Câmara Municipal, vereador Felipe Sanches (PSC), recebeu, hoje (21), em seu gabinete, a visita de André Luiz Frutuoso, comerciante e blaster pirotécnico (profissional habilitado a executar apresentações com fogos de artifício, assim como a transportar e armazenar esse tipo de produto). O empresário visitou o Legislativo com o intuito de entender o projeto que será debatido nesta Casa de Leis e apresentar aos parlamentares a posição do comércio do ramo de fogos.

 

O encontro desta tarde foi acompanhado pelo vereador Celso Ávila (PV) e pelo advogado Danilo Bom, que estuda o tema e defende a proibição da soltura de fogos com estampido. Na semana passada, a Câmara divulgou a realização de sessão temática, em fevereiro, com o intuito de debater projeto nesse sentido. No entanto, segundo Frutuoso, essa medida inviabilizaria a manutenção de estabelecimento comercial que promove a venda de fogos, uma vez que 40% das vendas são relativas a esse tipo de produto.

 

Segundo Danilo Bom, a intenção dos protetores dos animais não é inviabilizar nem proibir o comércio de fogos de artifício, é simplesmente restringir os fogos que fazem barulho, conscientizando a população a respeito dos danos causados por esse tipo de produto. Segundo ele, os que defendem a proibição da venda de fogos com estampido em Santa Bárbara d'Oeste têm estudado as modificações necessárias no projeto já apresentado em 2017, para que essa nova propositura seja aprovada, respeitando as legislações estadual e federal, sobretudo com o intuito de coibir a poluição ambiental e o risco à saúde de animais e pessoas.

 

O presidente da Câmara afirmou que o encontro desta tarde foi importante para que o vereador Celso Ávila e representantes dos protetores dos animais tivessem conhecimento da posição de um comerciante do setor de fogos. Ele também destacou que esse é o objetivo da reunião temática que será promovida no próximo mês. “Estamos abertos a ouvir todos os lados, pois sabemos que, antes da apresentação desse projeto, é importante que a sociedade discuta os possíveis impactos causados por ele”, afirmou Felipe Sanches.  


Publicado por: Fernando Campos - Mtb 39.684

Cadastre-se e receba notícias em seu email