Vereadores acatam veto e aprovam parecer contrário da Comissão de Justiça e Redação

Publicado em: 09 de outubro de 2018

Os vereadores barbarenses acataram um veto do Poder Executivo e aprovaram um parecer contrário da Comissão Permanente de Justiça e Redação, além de 14 moções, durante a 37ª Reunião Ordinária do ano, promovida nesta terça-feira (09), no Plenário Dr. Tancredo Neves.

 

Inicialmente, os parlamentares acataram o Veto Total do Executivo ao Projeto de Lei nº 56/2018, de autoria dos vereadores Edivaldo Meira, o Batoré (SD); Joel Cardoso, o Joel do Gás (PV); e Marcos Rosado (PR). Essa propositura obriga os postos de combustíveis a informarem ao consumidor se a gasolina comercializada é do tipo refinada ou formulada.

 

Na sequência, a pedido do vereador Joel do Gás, um dos autores do projeto, foi retirado do trâmite o Projeto de Lei 59/2018, também de autoria dos vereadores Valdenor de Jesus Fonseca, o Jesus Vendedor (DEM); e Marcos Rosado. Essa propositura dispõe sobre a implantação do projeto “Adote uma Praça” e contava com parecer contrário da Comissão Permanente de Justiça e Redação.

 

Por fim, o plenário da Câmara aprovou, com 10 votos favoráveis, cinco contrários e três abstenções, o parecer contrário da Comissão de Justiça e Redação ao Projeto de Lei nº 62/2018, de autoria do vereador Jesus Vendedor. Esse projeto autoriza o Poder Executivo a promover a numeração, demarcação ou identificação dos braços dos postes com lâmpadas ou luminárias de energia, os quais poderão receber uma numeração individualizada. Com a aprovação do parecer contrário, o projeto fica prejudicado e não volta a ser debatido em Plenário no atual exercício.

 

Tribuna – Ainda nesta terça-feira, a Tribuna Livre da Câmara foi utilizada pelo coordenador da Equipe Diocesana para Defesa da Vida e da Família, Valdinei Antônio Tonin, da Diocese de Piracicaba, para falar sobre o Dia do Nascituro e a Semana de Defesa e Promoção da Vida. A Câmara aprovou, no mês passado, projeto do vereador Paulo Monaro (SD), que inclui tais datas no Calendário Oficial de Eventos do Município. Nesta tarde, ao também utilizar a Tribuna, Monaro disse que a referida lei foi sancionada pelo prefeito Denis Andia (PV).


Publicado por: Fernando Campos - Mtb 39.684

Cadastre-se e receba notícias em seu email