Vereador propõe criação de Banco Municipal de Materiais Ortopédicos

Publicado em: 06 de setembro de 2018

O vereador Marcos Rosado (PR) protocolou, na última semana, na Câmara barbarense, o Projeto de Lei 69/2018, que dispõe sobre a criação do Banco Municipal de Materiais Ortopédicos em Santa Bárbara d’Oeste. Esse banco será constituído por materiais ortopédicos usados ou novos, doados pela comunidade, tais como cadeira de roda e de banho, muleta, andador, bengala, cama hospitalar, tipoia, prótese, entre outros, destinados exclusivamente ao atendimento dos casos encaminhados por meio do SUS (Sistema Único de Saúde).

 

Ainda de acordo com o projeto, o Poder Executivo, por meio da secretaria competente, será o responsável pelo recebimento e pela posterior cessão gratuita de uso dos materiais àqueles que deles necessitarem. Após o uso do material, o munícipe deverá devolvê-lo nas condições em que o recebeu. Para viabilizar o Banco de Materiais Ortopédicos, a Prefeitura deverá estimular campanhas de voluntariado com as Secretarias Municipais, entidades de classe, associações comunitárias e ONGs (Organizações Não Governamentais), incentivando doações por parte de pessoas físicas e jurídicas.

 

O objetivo do projeto, conforme explica o vereador Marcos Rosado, é o de atender a população menos favorecida financeiramente, proporcionando o uso de materiais ortopédicos. “Sabemos que inúmeras pessoas carentes, que necessitam de materiais ortopédicos ou próteses, não possuem condições para adquiri-los, enquanto outros que já fizeram uso dos mesmos e não mais os estão utilizando, não lhes é indicado ou não há um local fixado para que possam destinar este material. Por isso, a necessidade de existir um local certo, determinado, para que os donos destes materiais possam doar os mesmos”, justificou o vereador.


Publicado por: Fernando Campos - Mtb 39.684

Cadastre-se e receba notícias em seu email