Câmara promove pregão para instalação de sistema de energia solar

Publicado em: 15 de agosto de 2018

A Câmara de Santa Bárbara d’Oeste promoveu, nesta quarta-feira (15), pregão presencial para contratação de empresa responsável pela implantação, na sede do Legislativo, de sistema de produção de energia solar fotovoltaica, com uma potência de pico igual a 70,2 kWp. Com a participação de sete concorrentes, a empresa vencedora da licitação foi a Vento Sul Engenharia Ltda., que ofereceu o serviço por R$ 260 mil, cerca de 40% a menos do que o valor inicialmente estimado, de R$ 425 mil. O sistema de energia solar deve ser instalado até o final deste ano.

“Assumi a presidência da Câmara com esse objetivo, de implantar um sistema de energia renovável e sustentável, que além de contribuir para a economia de dinheiro público, seja benéfico ao meio ambiente”, afirmou o vereador Ducimar Cardoso, o Kadu Garçom (PR), agradecendo o apoio dos demais membros da Mesa Diretora: Valdenor de Jesus Gonçalves Fonseca, Jesus Vendedor (DEM); Edmilson Ignácio Rocha, Dr. Edmilson (PPS); e Joel Cardoso, Joel do Gás (PV). A expectativa da Diretoria Administrativo-Financeira da Câmara é que a economia do Legislativo com contas de luz promova o retorno desse investimento em, no máximo, quatro anos. Atualmente, a média mensal de gastos da Câmara com energia é de R$ 8 mil.

Energia Fotovoltaica

A energia fotovoltaica é hoje a fonte de energia limpa que mais cresce no mundo. Ela usa materiais semicondutores como o silício cristalino para converter a luz solar em energia fotovoltaica.  Para ela ser aproveitada e gerar energia elétrica para casas e empresas, as células fotovoltaicas precisam ser montadas dentro de um painel solar visando proteção e durabilidade. Este painel, por sua vez, será conectado em outros painéis em um sistema solar fotovoltaico. .

A instalação de painéis solares em residências, empresas ou órgãos públicos ajuda a combater as emissões de gases do efeito estufa e reduz a dependência dos combustíveis fósseis como o petróleo. Um sistema fotovoltaico padrão de 6kWp, por exemplo, vai evitar a emissão de gases poluentes durante toda a sua vida útil (30 anos) equivalente a plantar árvores em 10 campos de futebol inteiros. Esse mesmo sistema economizaria água de 6 piscinas olímpicas em comparação com uma hidrelétrica, assim como 79 toneladas de carvão queimado ou 500 mil quilômetros rodados com gasolina.


Publicado por: Fernando Campos - Mtb 39.684

Cadastre-se e receba notícias em seu email