Destaques Culturais

A premiação é dividida em oito categorias, que podem premiar até cinco nomes em cada uma delas. As indicações serão feitas apenas pelo Conselho Municipal de Políticas Culturais.

DESTAQUES CULTURAIS 2016

I – Artes Visuais

Anderson junque – pela “exposição fotográfica missão moçambique”.

Melquesedec ferreira – pela mostra coletiva itinerante de  fotografias de profissionais de santa bárbara d’oeste.

Nei – Núcleo De Educação Integrada Da Fundação Romi -     Pela Realização Do Projeto ‘Todos Podem Ser Frida’ Cujo Norte Foi A Artista Mexicana Frida Kahlo.

Elisabete padovezi         - pelas oficinas culturais com o trabalho “arte sustentável” e pela participação nas oficinas do cedoc, atendendo a mais de 3000 crianças no ano de 2015.

Ii – Patrimônio Histórico Material

Museu da imigração      - pela preservação do acervo histórico relativo à imigração americana.

Estação cultural- pela preservação do acervo e pelos trabalhos voltados à diversas áreas da cultura.

Cedoc - Centro De Documentação Histórica – Pelo Trabalho  De Ensino Patrimonial Em 2015.

Iii – Patrimônio Histórico Imaterial

Projeto Via Crucis -       PELA REALIZAÇÃO DA 18ª EDIÇÃO DA Encenação Da Paixão De Cristo.

Atanael motta jr. -         por transmitir seus conhecimentos de Capoeira Em Aulas Oferecidas Na Estação Cultural E No CONJUNTO Habitacional Roberto Romano.

Mestre Luisão – Associação De Capoeira Santa Bárbara d’oeste -    pelo trabalho realizado com as crianças nos centros culturais e pelo encontro nacional de capoeira.

Rafael casarini - pelo trabalho realizado junto ao grupo baque de santa,  fomentando a arte do maracatu.

Iv – Dança

Fernanda Araújo  - Pela Realização da 1ª Edição Do Festival De Dança Santa Dança.

V – Literatura E Narrativa Oral

Sônia barros -      pelo lançamento do livro tatu balão.

Câmara municipal -      pelo lançamento do livro ‘infância roubada’ em parceria com a comissão da verdade do estado de são paulo rubens paiva.

Amauri de oliveira, da confraria do conto - pela participação no ii festival nacional de contadores de histórias, em ponta grossa, paraná.

Renata gonçalves de oliveira -          por participar com contações no cedoc, na estação cultural, asilo e bibliotecas maria aparecida nogueira e léo sallum, para um público de mais de 2000 crianças e professores.

Vi – Música

Ygor gualiume      - por ter sido selecionado na fase regional do mapa cultural paulista para representar nosso município em todo estado de são paulo na expressão artística música instrumental.

Fundação romi – estação cultural - pela parceria na realização de todas as edições da virada cultural paulista em santa bárbara d´oeste possibilitando apresentações de bandas locais no evento.

Grupo violado      - pelo trabalho realizado junto ao sesc e pela apresentação no programa canção nova sertaneja, levando o nome de santa bárbara d’oeste.

Associação orquestra barbarense de violas – pelo trabalho realizado com crianças e adultos na arte da viola, bem como na formação da orquestra feminina de violas.

Vii – Teatro

Otávio Delaneza – Diretor       Pela Direção Artística Da 18ª Edição Do Via Crucis.

Kelvis germano – diretor         por ter recebido menção honrosa do júri da seletiva regional do mapa cultural paulista pela direção cênica do espetáculo ‘liberdade vigiada’ encenada pelo grupo travessia bruno bortolucci – ator     pela representação do personagem protagonista da encenação d’a paixão de cristo pelo terceiro ano consecutivo.

Almir augusto pugina   - pelo trabalho prestado junto à secretaria de cultura, na formação das oficinas de teatro e nas atividades do mapa cultural paulista, bem como sua participação na criação dos textos do espetáculo  via crucis.

Ix – cultura urbana

Integrantes da feira de artesanato - pela realização da feira do artesanato, na praça central, sempre no início de cada mês.

Alexsander “vôzinho grafite” -           pelo seu trabalho voluntário nas oficinas de grafite no ceu das artes, bem como pelas telas e painéis que valorizaram ainda mais o centro de artes e esportes unificados

 

DESTAQUES CULTURAIS 2017

ALBERTO CARREIRA – PELA EXPOSIÇÃO RELATIVA A 1ª EDIÇÃO DA HISTÓRIA EM QUADRINHOS “A última hora de um herói”.

ELISABETE PADOVEZI VIDAL - Pelo trabalho desenvolvido para o mês de consciência negra com os alunos na temática “Paisagens, flores e feminino Afro Brasileiro”

ESTAÇÃO CULTURAL – Pela realização do Projeto “Estação Artesanal”.

ROSY JESUS VAZ - Pela participação na Exposição “Claustro em Cores”,

FRATERNIDADE DESCENDÊNCIA AMERICANA – Pelo esforço em preservar o Cemitério do Campo.

FUNDAÇÃO ROMI - Pelas ações desenvolvidas para a comemoração dos 60 anos do Romi-Isetta, como: Exposições “Romi-Isetta 60 anos,” Encontro Nacional de Romi-Isettas,

III – Patrimônio Histórico Imaterial

COMTUR – CONSELHO MUNICIPAL DE TURISMO – Pela realização da 1ª Edição do Festival Gastronômico por revelar e incentivar a potencialidade gastronômica do município.

FUNDAÇÃO ROMI, através da Estação Cultural e Rádio Brasil AM 690 Khz - Pela edição especial de comemoração dos 14 anos do programa 'Rancho do Edgard', que exalta a cultura do cururu, gênero amplamente divulgado, incentivado e propagado no município e região por Edgard Tricânico D'Elboux

RECEITA DA LINGUIÇA DO SANTO ANTÔNIO DO SAPEZEIRO – Pela preservação e transmissão da tradição da receita da linguiça produzida no bairro Santo Antônio do Sapezeiro.

Convidamos a receber o prêmio os Srs.:

. Cléber Aparecido Martim - Restaurante Santo Antônio;

. Rodrigo Martignago - Rancho da Linguiça, e

. Valmir Weissinger  -  Rancho do Guitão –

 

IV – Dança

FERNANDA ARAÚJO - Pela coreografia de abertura do Via Crucis 2016 e pela atuação junto às entidades como Creche, SOS e Instituto Boldrini, incentivando as crianças com menor poder aquisitivo e levando a dança como terapia.

GRANDPLIÉ STUDIO DE DANÇA - Pela Coordenação de projeto social na instituição AMEV – Associação de melhoria de vida, localizado no bairro Vista Alegre, de nossa cidade, ministrando aulas de ballet, jazz e hip hop para crianças e adolescentes.

V – Literatura e Narrativa Oral

4ª FLISB – FESTA LITERÁRIA DE SANTA BÁRBARA D´OESTE - Em 07 dias levou contação de histórias, entrega de contos e causos, apresentações teatrais e oficinas literárias para mais de 3.500 pessoas.

BARRACA DO LIVRO VIAJANTE - iniciativa da Estação Cultural e Feira Livre - Pelo Incentivo à literatura e à leitura com empréstimo e doação de livros na feira livre central da cidade, durante todo o ano de 2016.

LUCY LIMA - Pelo lançamento de seu segundo livro Percepções, realizado de maneira independente pela autora.

MARCELO MALUF - Pela sua obra “A imensidão íntima dos carneiros” ter vencido o Prêmio São Paulo de Literatura em 2016 e ter sido finalista do Prêmio Jabuti em 2016, e

SÔNIA BARROS - Pelo lançamento do livro “Na Asas do Haicai” e pela participação na FLIP – Festa Literária Internacional de Paraty no ano de 2016.

VI – Música

HÉLIO CUNHA -  Pela idealização e realização do projeto Escola de Batuque com alunos do CIEP Carmelina Pellegrino Cervone, que despertou talentos e proporcionou que crianças e adolescentes apresentassem seu potencial artístico em diversas apresentações, incluindo o palco dos teatros de SBO e Americana. O projeto também foi registrado em um documentário idealizado por Hélio Cunha e realizado com apoio da iniciativa privada.

 

LUNA MARIA - Pela sua brilhante participação na 1ª Edição do “The Voice Kids” produzido pela Rede Globo.

 

ORQUESTRA BARBARENSE DE VIOLAS - Pelos 15 anos de sucesso investindo na formação, qualificação e divulgação dos músicos e do repertório tradicional; pela celebração dos 15 anos de criação da Orquestra, comemorados com show gratuito no Teatro Manoel Lyra; pela realização da cantata de natal com o coral municipal; pelo trabalho realizado com crianças e adultos na arte da viola, bem como pela formação da Orquestra Feminina de Violas.

 

ORQUESTRA FILARMÔNICA DE SANTA BÁRBARA - Pela iniciativa de reunir os músicos de forma voluntária e iniciar uma modalidade musical com alto grau de dificuldade abrilhantando os eventos na cidade.

 

VII – Teatro

CIA XEKMAT - Pela criação e circulação do espetáculo “Fora Dengue, Chikungunya e outras Zikas”, no Teatro Municipal, unidades de ensino e empresas da cidade e da região usando a arte como parceira da saúde e da educação.

GRUPO DI ATUS - Pela realização da 1ª Edição da Cena Bárbara – Mostra de Teatro contemplada pelo edital 01/2015 do CMPC. Foram 5 dias de espetáculos de artes cênicas que favoreceu a formação de público frequentador de espetáculos cênicos e proporcionou visibilidade a grupos locais e regionais.

 

VIII – Artes Digitais

 

AMANDA PASCHOAL - Pelo trabalho de ilustrações feitas em técnica digital, que tem ganhado alcance em eventos locais, nacionais e internacionais. A artista é barbarense e teve seus primeiros contatos com a arte do desenho em formações oferecidas por oficinas culturais do município. É ilustradora, quadrinista e designer. Formada em técnica em moda e comunicação visual, atualmente trabalha em sua primeira graphic novel, O Aleph de Botafogo, com roteiro de Simone Campos, que será lançada pela Companhia das Letras (Quadrinhos na Cia).

 

IX – Cultura Urbana

1ª FEIRA DO EMPREENDEDOR DA ECONOMIA CRIATIVA DOS CEUS DAS ARTES

Realizada no CEU das Artes a 1ª Feira do Empreendedor da Economia Criativa, destacou-se por fomentar a prática da produção em Economia Criativa como propulsora do uso da criatividade como matéria-prima básica no desenvolvimento de produtos e negócios. Em dois dias de evento, com 25 expositores e diversas atrações culturais, privilegiou a presença de artistas da cultura local, oportunizando um novo espaço para exposição de trabalhos.

HIP HOP CONSCIENTiZA - Pela realização da 1ª Semana da Cultura Hip Hop em SBO

Não sabe o significado de alguma palavra? Consulte aqui o glossário da Câmara.